Connect with us

Geral

Sinjorba amplia ações em prol da vacinação dos profissionais de comunicação da Bahia

Publicado

em

O Sinjorba está desenvolvendo intensa campanha pela vacinação dos profissionais de imprensa baianos, que estão trabalhando na linha de frente, contra Covid-19. Esta iniciativa envolve, além dos contatos com os órgãos de saúde, duas ações centrais: uma pesquisa sobre o adoecimento na categoria – com levantamento do número de casos e de mortes -, e um cadastramento de todos os profissionais do estado, para subsidiar as secretarias de Saúde na vacinação.

Este é um momento vital e o Sindicato precisa do maior engajamento possível nessa luta pela vacinação. Os levantamentos estatísticos têm mostrado elevado percentual de adoecimento dos profissionais de imprensa. Um de cada três jornalistas mortos por Covid-19, no mundo, em março de 2021, eram brasileiros.

As ações desenvolvidas têm a participação do Sindicato dos Trabalhadores em Rádio e TV na Bahia (Sinterp) e da Associação Bahiana de Imprensa (ABI). Os dados coletados serão usados nas tratativas que a entidade vem tendo com governo e prefeituras para incluir os jornalistas e radialistas que estão na linha de frente, nas prioridades de vacinação contra a Covid-19.

Cadastramento e pesquisa urgentes – Estão sendo feitos contatos com todos os veículos, buscando a listagem dos profissionais das redações e na linha de frente, mas a informação colhida diretamente com os colegas é fundamental para que se evitem, ao máximo, falhas neste levantamento. Faça seu cadastramento o mais rápido possível (no site do Sinjorba). Isso é decisivo para garantir a inclusão nos procedimentos que forem adotados para a vacinação.

Participar da pesquisa sobre os que adoeceram é também fundamental para reforçar a argumentação e a pressão que o Sinjorba está fazendo junto às autoridades para incluir a categoria imediatamente nas prioridades de vacinação. Mesmo quem não tenha adoecido pode participar, informando os casos de que tem conhecimento.

Apóie, participe e divulgue essas iniciativas. Responder o questionário não leva mais que três minutos. Divulgue em suas redes sociais, mailings e grupos dos quais participa, para que possamos ter um apanhado mais fiel possível da situação. Vamos, juntos, evitar mais adoecimento e a perda de vidas.

Link da pesquisa aqui.

Link do cadastramento aqui.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede