Connect with us

Geral

SB Brasil: Profissionais da saúde bucal farão estudo com mais de 1.560 soteropolitanos para traçar perfil epidemiológico

Publicado

em

Na última sexta-feira (18) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por meio da DAS/ Coordenação de Saúde Bucal e referência regional do Ministério da Saúde, iniciou o trabalho do SB Brasil 2020 (Saúde Bucal) em Salvador, com o treinamento de dezessete equipes de campos, compostas por Cirurgiões Dentistas (CD), Auxiliares de Saúde Bucal (ASB) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que percorrerão 52 setores censitários e realizarão aproximadamente 1560 avaliações a partir desta segunda (21).

O SB Brasil é um estudo sobre as condições de saúde bucal da população brasileira, por meio do qual busca-se identificar as doenças mais prevalentes. Os profissionais da saúde bucal no município percorrerão 52 setores censitários e realizaram aproximadamente 1560 avaliações. Por meio deste estudo busca-se identificar as doenças mais prevalentes como a cárie dentária, doenças periodontais, necessidade de próteses dentárias, condições da oclusão, traumatismo dentário e impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida, entre outros aspectos.

O objeto do projeto SB Brasil 2020 (vigência 2021-2022) é disponibilizar à gestão do SUS informações para o planejamento de políticas e programas de promoção, prevenção e assistência em saúde bucal, nas esferas nacional, estaduais e municipais.
Os quatro grandes levantamentos nacionais (realizados em 1986, 1996, 2003 e 2010) foram relevantes para a construção de uma consistente base de dados relativa ao perfil epidemiológico de saúde bucal da população brasileira. No ano de 2021, foram iniciados os processos de organização nacional com os municípios do Brasil para a realização do 5° levantamento epidemiológico, que serão examinadas aproximadamente 50 mil pessoas em várias regiões do país.

Investimento

A cobertura em saúde bucal em Salvador aumentou de 36,6% em 2019 para 43,3% em 2022, um incremento de 5,7%. Esse crescimento aconteceu graças a implantação de 60 novos consultórios odontológicos espalhados pela cidade, totalizando atualmente 426 salas com o serviço de odontologia na Rede de Atenção à Saúde Bucal (RASB) do município, conferindo acesso da população a atenção primária, rede especializada (CEO e Multicentros) e Urgência (UPA), além de cuidados orais por profissional nos leitos de UTI assegurando Odontologia hospitalar no Hospital Municipal. Também foram contratados mais de 112 profissionais entre cirurgiões-dentistas e auxiliares de saúde bucal para garantir resolutividade e dinamicidade à assistência. Além disso, foram qualificados mais de 50 consultórios odontológicos, desde melhorias na infraestrutura até instalação de novas cadeiras odontológicas garantido melhor conforto e biossegurança tanto para a população assistida quanto para os profissionais das equipes de saúde bucal.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE

ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede