Connect with us

Geral

Pistas de skate passam por reformas em Salvador

Publicado

em

Alvo constante de reclamações dos skatistas devido a problemas estruturais, as pistas de skate da capital serão reparadas pela Prefeitura, após emenda de R$ 300 mil a ser destinada pelo vereador André Fraga (PV). O parlamentar é um apoiador da causa e conseguiu viabilizar a execução das obras com a Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman).

“Junto com a Federação de Skate da Bahia (Feseb), realizamos diversas vistorias nas pistas e identificamos vários problemas, como buracos, desgastes e falta de manutenção. Então, pedimos à Prefeitura que realizasse os reparos, e com a emenda as melhorias serão realizadas”, comemorou o parlamentar.

As reformas já começaram nas pistas de Stella Maris, Imbuí e São Tomé de Paripe. As outras que serão beneficiadas nesta primeira etapa ficam na Baixa de Quintas, Canabrava, Stella Maris, Parque dos Ventos e Parque da Cidade, totalizando oito pistas. Os reparos estão sendo realizados pela Secretaria de Manutenção e acompanhados por Ernesto Belote e Marília Gabriela, da Feseb.

Windson Romero, presidente da Feseb, explica que todas essas pistas são da modalidade street, que ficou em evidência nas Olimpíadas de Tóquio por causa das medalhas de prata dos brasileiros Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, mais conhecida como Fadinha.

“A Bahia tem grandes talentos para o skate, alguns até com potencial olímpico, mas eles precisam de equipamentos adequados para treino. Por isso a importância dessa reforma. André tem nos apoiado nessa causa”, comentou.

Além da reforma das pistas, tanto a Feseb quanto o vereador conseguiram recursos federais para a construção de uma nova pista, a primeira pista olímpica do tipo Park em Salvador. Essa também é uma modalidade olímpica que rendeu medalha para o Brasil, a prata de Pedro Barros em Tóquio.

“A prática do skate cresceu com as Olimpíadas e, se nossos atletas tiverem boas pistas para treino, temos potencial de ter baianos disputando em Paris 2024 ou Los Angeles 2028”, projetou Romero.

Essa pista park deve ser construída no Petromar, região de Stella Maris, e o projeto está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), que garantiu a realização da obra.

Conforme a Sempre, o equipamento esportivo visa popularizar e ampliar a prática do esporte, que foi incluído entre as modalidades olímpicas recentemente e já conquistou duas medalhas de prata nesta edição.

A previsão era de que a pista fosse entregue em 2022, mas as obras ainda não foram licitadas. André Fraga segue cobrando para que isso aconteça logo: “Investir no skate não é somente investir no futuro dos atletas, mas no lazer da população. As pistas são ambientes de socialização que, quando ocupadas, realizam uma função importante. Salvador só ganha nesse caminho”, destacou André Fraga.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE

ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede