Connect with us

Geral

MP baiano recebe representação de vereadores e não interferirá em autonomia do Legislativo

Publicado

em

Vereadores da capital baiana subscreveram um pedido para que o Ministério Público da Bahia (MP) possa instaurar procedimento para anular a sessão ordinária da Câmara Municipal de Salvador (CMS) que aconteceu nesta terça-feira (19). Integrantes da base de apoio do prefeito Bruno Reis (UB), os edis questionam a aprovação de uma ata de encontro regimental anterior.

A postura dos vereadores governistas reflete a antecipação da disputa eleitoral para o governo do estado da Bahia, onde o atual presidente da CMS está pré-candidato a vice na futura chapa petista que tem Jerônimo Rodrigues encabeçando a composição. Mesmo com os reclames durante e após a sessão, os edis do União Brasil não comprovaram o quorum insuficiente que alegavam.

O MP baiano como Casa da Cidadania realizará suas atribuições sem interferir na autonomia do Legislativo municipal. “A Procuradora Geral de Justiça recebeu a representação e informou que o MP, como fiscal da lei, fará a análise dos fatos apresentados. Também participaram da reunião o procurador-geral de Justiça Adjunto Paulo Marcelo; o chefe de Gabinete, promotor de Justiça Pedro Maia; e as assessoras especiais da PGJ, promotoras de Justiça Maria Auxiliadora Kraychete e Patrícia Mattos.”, diz o órgão.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE

ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede