Connect with us

Geral

Maio Amarelo: Salvador celebra um ano de implementação da primeira Zona 30

Publicado

em

Oito em cada dez cidadãos, que transitam regularmente pela Baixa do Bonfim, aprovaram a implantação do Zona 30 no local. A região foi a primeira de Salvador a receber o novo conceito de tráfego mais humanizado, entregue durante a campanha Maio Amarelo de segurança no trânsito, em 2021. Neste período, uma pesquisa liderada pela Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária revelou a redução de 96% dos veículos excedendo velocidade de 30km/h, na ladeira que leva à Colina Sagrada.

Em um ano, a Prefeitura de Salvador, por meio da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), já entregou mais outras cinco áreas de Zona 30 na capital. Elas estão situadas na região do Greenville (Patamares), Rua Henrique Dias (Bonfim), Rua da Bélgica (Comércio), Praça Ana Lúcia Magalhães (Itaigara) e Rótula da Feirinha (Cajazeiras). Neste Maio Amarelo, outras duas áreas serão inauguradas, em Alphaville 1 (Paralela) e no Barbalho, próximo ao Instituto dos Cegos da Bahia.

Segundo o superintendente da Transalvador, Marcus Passos, a proposta é expandir o conceito para outros bairros. “Diante da boa aceitação e dos resultados alcançados, esperamos implantar em outras áreas da cidade. Passos destaca que o Zona 30 favorece um trânsito mais humano e harmônico, além de reforçar a segurança viária.

O aposentado Venâncio Gonzalez mora no Bonfim há mais de 60 anos e elogiou a iniciativa da Prefeitura. “Isso aqui melhorou muito, agora temos uma visualização melhor da via, ficou mais organizado. O estacionamento em diagonal ficou bom para quem mora aqui e todo mundo está respeitando, mesmo quem vem de fora”.

O agente de segurança pública Ivan Guimarães, morador do bairro de Roma, afirmou que não costuma transitar muito na via, mas sentiu a diferença após a readequação da velocidade. “Eu senti que está bem melhor que antes, os carros transitando melhor. Está bem mais organizado e, em questão de velocidade, dá pra ver a melhoria. As pessoas andavam correndo aqui e a redução trouxe muito mais segurança”, avaliou.

Conceito – A Zona 30 foi criada na Alemanha e adotada por diversos países e também capitais brasileiras, com o objetivo de delimitar áreas urbanas mais seguras para pedestres e ciclistas, com a limitação da velocidade dos carros nas vias a 30km/h. Além da readequação da velocidade viária, também é colocada uma sinalização especial, tanto vertical quanto horizontal, além de faixas na cor verde, alertando os condutores de veículos sobre a passagem de pedestres.

Maio Amarelo – Este ano, a campanha Maio Amarelo trouxe o tema “Juntos Salvamos Vidas”. A proposta é mostrar como todos que compõem o trânsito, aliados aos órgãos públicos, podem contribuir para a segurança viária. Durante este mês, a Transalvador vai realizar diversas ações que focam na sensibilização e no alerta sobre a importância da segurança viária como forma de preservar vidas.

A Transalvador mantém ainda uma parceria com Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, entidade internacional que auxilia cidades a promoverem medidas que favoreçam um trânsito mais seguro. A autarquia municipal conta ainda com o suporte de todos os órgãos que compõem o Programa Vida no Trânsito (PVT) da capital baiana.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE

ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede