Connect with us

Em Salvador

Lessa quer esclarecimentos da Semop sobre pagamento de contas com dinheiro do contribuinte

Publicado

em

lessa c1Em sessão no plenário da Câmara Municipal de Salvador, nesta terça-feira (08), o vereador Arnando Lessa (PT) desafiou a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP) a demonstrar publicamente quanto e onde gasta a verba destinada para a iluminação pública na capital baiana. Ele cobrou também informações sobre o destino do dinheiro arrecadado com a contribuição da iluminação pública. “Recebemos denúncias de que a secretaria está pagando a conta de luz de creches, de órgãos públicos e secretarias com o dinheiro da contribuição, o que é proibido”, destacou.

Recentemente, matéria divulgada na imprensa mostrou que o setor de iluminação pública é o que mais tem incomodado os cidadãos soteropolitanos. As reclamações são gerais, principalmente em relação à falta de manutenção, demora na troca de lâmpadas e ausência de novos postes, braçadeiras e pontos de iluminação.

Lessa, que já foi secretário municipal de Serviços Públicos entre os anos de 2005 e 2007, afirma que a área arrecada mais do que investe. “É um dos poucos setores da administração de Salvador que é superavitária. Nessa atual gestão, não conseguimos ver ações prioritárias, nem eficazes. E a área arrecada mais do que gasta”, disse.

Segundo o vereador, é necessário que a população tenha conhecimento dos gastos nessa área, dos investimentos que tem sido feito. Os recursos obtidos com a contribuição para a iluminação pública antes era vinculado à Diretoria de Serviço de Iluminação Pública. Agora, o valor arrecadado vai para o caixa geral. “O que não é o correto, pois esse recurso deveria ser utilizado com a área”, frisou Lessa.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede