Connect with us

Geral

Força tarefa fiscaliza descarte ilegal de resíduos em área industrial no CIA

Publicado

em

Força tarefa formada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Associação de Empresas do Centro Industrial de Aratu (Procia) tem realizado uma série de fiscalizações e notificações em empresas sobre descarte ilegal de resíduos na área industrial no Centro Industrial de Aratu (CIA). A atividade é configurada como crime de acordo com duas leis, a de Crime Ambiental 9.605/98 e a Lei Estadual 11.431/06. As denúncias devem ser feitas por meio do 0800 71 1400. 

“Conforme prometemos, estamos mantendo uma fiscalização ostensiva no CIA. Conscientizando a população e as empresas sobre o descarte de resíduos e realizando ações de combate. A intenção é reduzir acidentes e evitar o desperdício de dinheiro público com a limpeza dos locais”, explica o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico. 

         Seguindo diretrizes do acordo de cooperação, foram realizadas medidas educativas com objetivo de conscientizar sobre a atividade irregular, como a instalação de placas informativas nas vias onde a prática é recorrente. Outra ação realizada pela Procia foi cercar e sinalizar uma área industrial no CIA Norte, em Candeias, atendendo solicitação da SDE, para evitar invasões. 

“Temos buscado todos os esforços para combater o descarte ilegal, que é um problema histórico no CIA. Utilizando da tecnologia de monitoramento das empresas, promovendo cercamentos, sinalizações e contando com o empenho da SDE e das autoridades policiais, estamos no caminho para resolver essa questão, que vai trazer um aspecto muito melhor e ajudar a atrair mais investimentos para o Centro Industrial de Aratu”, afirma Hilton Barbosa, presidente da Procia. 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede