Connect with us

Geral

Empresas devem investir na Bahia e criar mais de 300 empregos

Publicado

em

Três empreendimentos somam um aporte de R$ 8,9 milhões em investimentos e devem gerar 314 empregos entre diretos e indiretos nas indústrias que estão em implantação e ampliação. No município baiano de Luís Eduardo Magalhães, a L.R Tratamento de Resíduos vai destinar até R$ 5,5 milhões para instalar uma fábrica do segmento de beneficiamento de resíduos e promover 222 novos postos de trabalho. Em Feira de Santana, a Food & Pan prevê o investimento de R$ 1,4 milhão na instalação da sua unidade industrial do segmento alimentício e promover a geração de 88 empregos. 

Já em Camaçari, a Interplast Indústria e Comércio de Embalagens Plásticas deve investir R$ 2 milhões na ampliação e modernização de sua empresa. O compromisso foi firmado via protocolo de intenções, assinado com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

“Em Luís Eduardo Magalhães, a L.R Tratamento de Resíduos investirá R$ 5,5 milhões na instalação de sua indústria, que vai fabricar decks, painéis, placas cimentícias, prancha para carroceria, pallet e CBSI – composto biossintético industrial. Com a finalização das obras em maio, a fase operacional começará dentro de 90 dias. A capacidade de produção estimada é de até 12, mil metros cúbicos por ano, com a promoção de 72 empregos diretos e mais 150 empregos indiretos”, explica o procurador da empresa, Edilson Vidor.

Em Camaçari, a Interplast Indústria e Comércio de Embalagens Plásticas deve investir até R$ 2 milhões na ampliação e modernização da sua indústria destinada à fabricação de sacos e sacolas plásticas, compostos termoplásticos e bobinas plásticas. A expansão terá o incremento na capacidade de produção de 1,3 mil toneladas por ano a partir de 2022, quando a empresa atingirá a capacidade máxima. A indústria também prevê a geração de 4 novos postos de trabalho, além de manter os 37 empregos existentes. Segundo o sócio, Lucas Monteiro, a empresa encontra-se em operação e os novos equipamentos adquiridos constam no projeto e estão sendo instalados à medida que vão chegando.

Já em fase de implantação, a Food & Pan, em Feira de Santana, deve investir R$ 1,4 milhão na instalação total de da sua fábrica voltada a produção de ganaches, pré-misturas, gorduras oleosas vegetais, melhoradores de farinha de trigo coberturas, complementos e recheios. A estimativa é que sejam promovidos a geração de 38 empregos diretos e mais 50 indiretos. A fase operacional está prevista para ser iniciada em julho de 2021 e a capacidade de produção será de 1,2 mil toneladas por ano.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede