Connect with us

Geral

Bancada do PT na Alba manifesta apoio à Oposição e reforça apuração da postura do deputado Capitão Alden

Publicado

em

Após reunião de bancada, os deputados e deputadas do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa da Bahia, em nome do líder, Deputado Osni Cardoso, manifestam publicamente apoio à Bancada de Oposição, diante das acusações infundadas proferidas pelo deputado Capitão Alden. O referido deputado acusou sem provas os integrantes da bancada, e tal comportamento é considerado inadmissível e causa indignação e repulsa por se tratar de imputações vazias e inconsequentes, tendo por único objetivo macular a honra dos parlamentares e estimular o ódio à Democracia e seus representantes.

Em nota, o PT na Alba ressalta que o exercício do mandato parlamentar pressupõe absoluta responsabilidade acerca das palavras, votos e opiniões proferidas pelo parlamentar, que não pode se esconder sob o manto da imunidade constitucional para proferir calúnias, ofensas gratuitas e acusações sem fundamento na realidade. O PT sempre defendeu o Estado de Direito e sabe o que é ter seus quadros acusados sem provas para apelo midiático e instrumentalização política, como fez o ex-ministro Sérgio Moro e a Lava Jato. Desrespeitar a oposição parlamentar é o mesmo que agredir o funcionamento da própria Casa Legislativa, que representa o voto popular e o Estado de Direito em uma democracia. Tal exercício de desrespeito, como instrumento político, é lugar comum para prática bolsonarista, a qual o referido parlamentar se vincula.

Desta forma, a Bancada Estadual do Partido dos Trabalhadores, de forma unânime, se solidariza com os deputados da Oposição, ao tempo que reforça a apuração da postura do deputado Capitão Alden, que viola as regras mínimas de convivência e o decoro parlamentar.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede