Connect with us

Isso é Brasil

Anvisa proíbe venda de quatro suplementos alimentares

Publicado

em

ReproduçãoA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e a comercialização, em todo o País, de quatro suplementos alimentares voltados para atletas. Três dos produtos punidos são fabricados pela Maximum Human Perfomance (MHP). São eles: Isofast-MHP; Alert 8-Hour-MHP; e Probolic-SR-MHP.

O suplemento Isofast-MHP foi suspenso “por apresentar BCAA (aminoácidos de cadeia ramificada) e não se enquadrar em nenhuma das classificações descritas nos artigos 5º e 29 da Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 18, de 27 de abril de 2010”. O Alert 8-Hour-MHP foi proibido “por conter taurina em sua composição”. Já a suspensão do Probolic-SR-MHP se deu “por não haver comprovação de segurança de uso do produto”.

O quarto produto alvo da proibição da Anvisa é o Carnivor, fabricado pela empresa MuscleMeds. O suplemento foi suspenso “por apresentar teores de Vitamina B12 e B6 acima da ingestão diária recomendada e as substâncias Glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), Ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), que não foram avaliadas quanto à segurança de consumo como alimentos”. As decisões da Anvisa estão em quatro resoluções publicadas na edição de hoje do Diário Oficial da União. (Agência Brasil)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE


ESTAMOS NO Facebook

Copyright © 2017 Política na Rede