Salvador: Prefeitura interditará praças e academias de saúde ao ar livre

As principais praças e academias de saúde ao ar livre em Salvador voltarão a ser interditadas pela Prefeitura a partir desta quarta-feira (24). A ação, a ser realizada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), vinculada à Secretaria Municipal de Manutenção da Cidade (Seman), visa ampliar o isolamento social para conter o avanço da Covid-19.

Os equipamentos serão interditados no Imbuí, Nossa Senhora da Luz, Centenário, Ana Lúcia Magalhães, Lord Cochrane, João Mangabeira e Mussurunga. Para o presidente da Desal, Virgílio Daltro, os espaços públicos necessitam ser evitados neste momento, devido ao decreto do prefeito e às medidas de isolamento social.

“A interdição das praças e academias de saúde ao ar livre e de musculação serão realizados nos locais onde há maior circulação de pessoas, criando assim uma zona de prevenção para que o vírus não se espalhe entre os soteropolitanos. Por isso, pedimos a colaboração de toda cidade”, disse Daltro.

Ele lembra ainda que outras praças vão passar por vistorias e será realizada uma ação de conscientização pela equipe da Desal nas redes sociais para que os equipamentos não sejam utilizados. “Caso as pessoas continuem frequentando os locais, outras praças serão lacradas para preservar a saúde e a vida de todos”, completou o titular da Desal. Atualmente, Salvador tem mais de 450 áreas de convivência e lazer e cerca de 230 academias em diversos bairros da cidade.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM