Bolsonaro e Secom desdenham de 100 mil mortes no país

No dia em que o Brasil superou 100.000 mortes causadas pela covid-19 e ultrapassou três milhões de contágios pelo novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro optou por celebrar nas redes sociais a vitória do Palmeiras no Campeonato Paulista.

Já a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) publicou uma sequência de postagens no Twitter ―devidamente compartilhadas pelo mandatário― nas quais comemora alguns dados da pandemia, dando à expressão “olhar para o copo meio cheio” contornos de desdém num em que os outros Poderes da República (Supremo Tribunal Federal, Senado e Câmara) decretaram luto oficial em memória às vítimas. “São muitos os números que nos dão esperança”, escreveu a Secom, ao responder a uma mensagem de Sergio Moro, ex-juiz e ex-ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, hoje desafeto político do presidente. “Lamentamos cada uma das vítimas da covid-19, e de todas as outras doenças”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM