Madre de Deus: vice prefeito anuncia apoio à pré candidatura de oposição e deixa prefeito ainda mais fragilizado

A chuva que caiu torrencialmente nesta quinta-feira (23) causou uma tempestade na política de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador. Depois da pré candidatura de Dailton Filho à prefeitura e sua mudança para o PSB, a ida de Marden Lessa (vereador e ex-secretário de Cultura e Turismo) para a mesma legenda, agora o atual vice prefeito da cidade Jailton “Jajai” anuncia seu apoio ao projeto do socialista para enfrentar a “indicada” do prefeito Jeferson Andrade (PP).

Elogiando as qualidades políticas de Dailton, o vice prefeito cita em publicação em seu perfil no Instagram que o socialista tem conduzido a formação de um grupo político com transparência, lealdade, fidelidade, acolhimento e dedicação aos seus liderados.

Em meio a uma enxurrada de denúncias feitas pelo vereador Marden Lessa (PSB) que apontam mau uso da verba pública pela administração, a decisão de Jailton “Jajai” cai como outra bomba potente no colo do acuado prefeito Jeferson Andrade. Setores do PP começam a mostrar descontentamento com projeto político traçado pelo alcaide que já mostra sinais de enfraquecimento e descontrole.

A união de Dailton e Jailton além da rima traz um novo cenário na construção do projeto oposicionista em Madre de Deus. “O semblante do prefeito demonstra o cansaço e o desânimo de quem perde lideranças políticas importantes todos os dias. Sua base na Câmara virou minoria e o novo secretariado é uma arrumação desarrumada que não se sustentará até às eleições”, comentou um vereador pedindo anonimato.

Outro vereador que comentou os novos capítulos da política em Madre de Deus foi Marden Lessa (PSB). Para o edil, a formatação construída por Dailton reforça que a oposição segue no que chama de entendimento coletivo. “O nome de Dailton [Filho] tem reunido as expectativas de quem não aceita a submissão ou imposição unilateral. Sempre fui adepto do diálogo com todas as correntes políticas, mesmo divergentes. Existe um entendimento coletivo que deseja a mudança de rumos para nossa cidade. As pessoas estão seguindo essa direção e Dailton Filho tem protagonizado esse momento. Muito mais lideranças vão se agregar ao projeto de uma Madre de Deus para seus filhos”, disse Marden.

O que o vereador Marden Lessa chama de entendimento coletivo é a nova configuração partidária que agregou lideranças políticas expressivas da cidade. PSB, PTB e Solidariedade devem formar um bloco partidário na Câmara Municipal tendo a liderança do vereador Juscelino que agora lidera a maioria plena na Casa. As bancadas passam a contar com líderes no plenário e devem trazer mais dores de cabeça ao prefeito Jeferson Andrade. Além disso, os nomes que integram essa composição oposicionista em Madre de Deus são destacados pela ação política e relacionamento popular. A vereadora Jodiane juntos com os vereadores Kikito Tourinho, Pastor Melk, Val Peças, Lindivaldo e Marden somam-se a Jilvan Valadão e Amilton Pereira para construção de alianças em torno do projeto coletivo de Dailton Filho. Existe a expectativa de que o DEM possa participar dessa integração política com as mobilizações do empresário Ivanilson Bezerra “Sinho” que traz consigo o apoio irrestrito do deputado federal democrata Igor Kannario.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM