Beber e dirigir: Faça o que eu mando e não o que eu faço

Brian Kolb, líder da minoria republicana da Assembleia do Estado de Nova York, bateu seu carro na véspera de ano novo, de acordo com a polícia. Na semana anterior, ele havia escrito que “a tragédia está a apenas uma decisão ruim de distância” e que “não há desculpas para dirigir embriagado”. O político, de 67 anos, disse que “lamentava profundamente” seu comportamento em um pronunciamento após ser preso. “Esse foi um erro terrível, sobre o qual já alertei outras pessoas, e me responsabilizo totalmente pela situação”, afirmou. Kolb havia escrito sobre os perigos de dirigir embriagado no dia 24 de dezembro, marcando o Mês Nacional da Prevenção da Direção sob Efeito de Álcool e Drogas nos Estados Unidos . No texto, ele pediu enfaticamente que os cidadãos utilizassem serviços de táxi e transporte público depois de beber, ao invés de tentar dirigir. “Dirigir bêbado não é perigoso apenas para o motorista, mas também para o passageiro, pedestres e outros motoristas”, escreveu. “Planejar com antecedência antes de beber pode evitar muitos arrependimentos.”
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM