Ibititá: vereador denunciado por movimentar mais de R$ 250 mil da Câmara Municipal

Preocupado com a situação contábil e jurídica da Câmara Municipal de Ibititá, o vereador Celson Marques denunciou ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), nesta quarta-feira (27), o também vereador Paulo César Dourado Bastos por movimentar mais de R$ 256 mil da conta institucional do Poder Legislativo, “sem a devida observância do procedimento legal”. Na denúncia, Celson Marques anexa pelo menos quatro cheques com valores que variam entre R$ 27.702,98 e R$ 93.801,96 que foram assinados pelo próprio Paulo Dourado nos meses de agosto, setembro e outubro – período em que foi presidente da Câmara Municipal por força de efeito suspensivo.  O denunciante cita resoluções do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) para questionar a legalidade da conduta, já que, na sua avaliação, contraria o princípio da moralidade e impossibilita a identificação do destino final do dinheiro. “A emissão de cheques em benefício do próprio emitente ou endossado ao próprio denunciado, não permite a comprovação regular da aplicação dos recursos públicos”, argumenta Celson Marques no documento protocolado no MP-BA, em Irecê. Além de lançar luz para movimentação financeira tida como suspeita, o vereador alega que as contas da Câmara Municipal de Ibititá podem ser reprovadas pelo TCM-BA “pelo grau de relevância e pelo nível de incidência, bem como pela extensão e pela gravidade dos prejuízos causados ao erário e ao interesse público”.  A reportagem do Sertão Baiano teve acesso à seis cópias de cheques, todos assinados por Paulo César Dourado Bastos: os de valores menores, como de R$ 520 e R$ 1000, foram nominais a Edmar Joaquim Santana e ao vereador Odair José Nunes Dourado, respectivamente. Entretanto, o expediente não se repete nos outros com valores bem maiores – que são nominais ao emitente, a Câmara Municipal ou simplesmente a ninguém. Somados, apenas os cheques com assinaturas de Paulo Dourado na frente e no verso chegam a R$ 256.817,49.  Confira mais detalhes no site Sertão Baiano
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM