Fabíola quer Legislativo em “força tarefa” para agir em praias atingidas por óleo

A Assembleia Legislativa da Bahia deve ingressar na “força tarefa” composta por diversos órgãos para tratar do derramamento de óleo que atinge as praias do litoral nordeste e já chegou a sete municípios baianos.

O ingresso do Poder Legislativo se deu por iniciativa da deputada estadual Fabíola Mansur, presidente da Comissão de Serviços Públicos da Casa, durante o ato nesta segunda-feira (14), quando o governador em exercício João Leão assinou o decreto de emergência para liberação de recursos aos municípios afetados.

Fabíola solicitou o ingresso da ALBA na chamada Centro de Comando Unificado, formado pela Secretaria do Meio Ambiente, Defesa Civil do Estado, Inema, Ibama e Corpo de Bombeiros, Marinha, Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual, além de representantes de prefeituras atingidas. Com a assinatura do decreto de emergência será possível agir rapidamente para comprar kit do material necessário para recolher as manchas de óleo encontradas nas praias e impedir a chegada de outras.

“Considero importante importante a presença do Poder Legislativo para dar mais visibilidade à ação e agir no sentido de mobilizar voluntários dos municípios afetados a atuarem na limpeza das praias, estuários, rios e manguezais. Já conversei com o secretário João Carlos (Meio Ambiente) e com a coordenação da Defesa Civil sobre uma agenda com o presidente da Casa, deputado Nelson Leal, e cada órgão envolvido. É preciso ser ágil para proteger nosso bioma marinho do desastre ambiental e também zelar pela imagem turística da nossa Bahia, para evitar maiores prejuízos econômicos”, declara a deputada.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM