OMS alerta sobre as ações de segurança do paciente e Hupes participa de campanha mundial

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que quatro em cada dez pacientes são prejudicados nos ambientes primários e ambulatorial e até 80% desses casos os danos podem ser evitados. Para chamar atenção para a importância de reduzir essa estatística, o Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebersh (Hupes-UFBA/Ebserh) promove ações de conscientização sobre a segurança do paciente nesta terça-feira, 17. A OMS estima ainda que eventos ligados à negligência com a segurança do paciente resultam em mais de 2,6 milhões de mortes em hospitais de países de média e baixa renda. “Por um paciente cada vez mais seguro no Hupes” é o lema da ação que o Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente (SVSSP) desenvolverá em adesão à campanha OMS. O Hupes adere à campanha através de uma mobilização com atividades durante todo o dia. “Precisamos cada vez mais chamar a atenção para o tema e unir todos em prol de ações para promovermos à Segurança do Paciente”, destaca Monalisa Vianna, chefe da SVSSP. Os profissionais do hospital estarão ao longo do dia destacando os cuidados que pacientes e acompanhantes podem ter para diminuir riscos de insegurança. A segurança do paciente se refere a todos os estudos e práticas para a diminuição ou eliminação de riscos na assistência em saúde que podem causar danos ao paciente. Essa prática envolve ações promovidas pelas instituições de saúde e ensino para reduzir a um mínimo aceitável, o risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM