Sidninho propõe caixa preferencial para pessoas com sacolas retornáveis na capital baiana

O vereador Sidninho (Podemos) apresentou à Mesa Diretora da Câmara de Municipal de Salvador o Projeto de Lei nº 291/19, que obriga mercados, supermercados e estabelecimentos semelhantes a disponibilizarem caixa preferencial aos consumidores que utilizarem sacolas retornáveis. A medida valeria para estabelecimentos com mais de dez caixas.

O objetivo, segundo o autor, é incentivar as pessoas a utilizarem sacolas confeccionadas em material durável, poupando a natureza do acúmulo de plástico e promovendo a sustentabilidade ambiental.

“No mundo inteiro, consome-se, aproximadamente, um milhão de sacos plásticos por dia. Este é o resíduo que mais causa impactos e degradação ao meio ambiente. As sacolas demoram cerca de 200 anos para se degradarem e a decomposição desse plástico polui o meio ambiente através da liberação do gás carbônico, um dos grandes causadores do efeito estufa”, justifica o vereador.

Sidninho explica que os estabelecimentos comerciais que se enquadram na proposta deverão disponibilizar, no mínimo, um guichê de atendimento preferencial. “Este caixa não deverá ser o mesmo caixa preferencial destinado ao atendimento de idosos, pessoas com necessidades especiais, gestantes e pessoas com criança de colo”, frisa.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM