Após desabamento de casas na Gamboa, Geraldo Júnior solicita ações na região

As fortes chuvas que caem na capital baiana deste a noite deste domingo (7) preocupa moradores de toda a cidade. Na manhã de hoje, moradores da Gamboa viram parte de suas casas desabar. De acordo com eles, um vazamento da Embasa está encharcando o solo e trazendo riscos de mais deslizamentos de terra. Dezenas de casas podem ser atingidas. Com isso, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), e o edil Silvio Humberto (PSB) solicitaram equipes da Defesa Civil de Salvador para o local.

“Essas famílias estão correndo risco de morte. É preciso olhar para essas famílias e fazer um plano de contenção de encostas antes que o problema apareça. Todo período de chuva é a mesma coisa. Por isso, pedi que a minha equipe de assessores também fossem ao local prestar solidariedade às famílias”, reforçou Geraldo Júnior.

O vereador também agradeceu ao diretor-geral da Defesa Civil, Sosthenes Macêdo, pelo atendimento eficaz. “Assim que falei com o diretor, ele encaminhou um engenheiro ao local”, disse.

Gleide Santos teve a casa atingida pelo deslizamento e terá que deixar o local, pois a moradia precisa ser demolida pela Defesa Civil de Salvador. “Há mais de um ano chamamos a Embasa. Eles vinham, faziam um paliativo, tapavam o buraco e só. A última vez que vieram aqui faz 3 meses”.

Já o engenheiro da Codesal, Expedito Sacramento explicou os próximos passos. “Vamos colocar alvenaria, depois acionar a Coelba para realocar o poste e nós vamos fazer a demolição. A família está amparada pelo auxílio-aluguel”, disse.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM