Instituto Teia lança Observatório das Desigualdades Sociais em Salvador

Investigar, conhecer e diagnosticar a realidade social na capital baiana. Esse será o objetivo inicial do Observatório das Desigualdades Sociais lançado hoje (02) durante as comemorações do Dois de Julho.

Segundo o diretor de projetos do Instituto Teia, jornalista Gusmão Neto, a entidade pretende contribuir nas discussões sociais em Salvador. “Nosso diferencial está no aspecto da composição do Instituto Teia. Reunimos diversos personagens do tecido social da capital baiana. Diversos segmentos profissionais, universidade, entidades de classes e do ativismo social integram essa jornada que buscará traçar uma radiografia fiel da realidade em nossa cidade”, afirmou Gusmão.

Apontando o fosso social na população soteropolitana, Gusmão Neto afirmou que a intenção do Observatório da Desigualdades Sociais é ofertar aos poderes públicos, iniciativa privada e organizações sociais, as informações mais qualificadas sobre o cenário existente na cidade. “Buscaremos envolver a sociedade na produção de nossos estudos e documentos. Serão diagnósticos que servirão de bússola para o enfrentamento por exemplo, das condições degradantes de famílias que vivem com renda menor que 89 reais”, finalizou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM