“Bolsonaro está desmoralizando a imagem do Brasil”, diz Valmir sobre militar preso com cocaína

O episódio envolvendo a prisão de um sargento da Aeronáutica com 39kg de cocaína em avião da Força Aérea Brasileira (FAB), na Espanha, foi alvo de críticas do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), nesta quarta-feira (26). Durante sessão na Câmara, o parlamentar baiano expressou sua indignação e culpou o presidente da República por desmoralizar a imagem do Brasil no mundo. “Bolsonaro viaja para muitos países. Agora temos esse caso que, para mim, é a maior desmoralização para o povo brasileiro: um avião presidencial com 39 quilos de cocaína ser detido na Espanha”.

Conforme Assunção, o Congresso Nacional tem que tomar uma posição com relação ao caso para que Bolsonaro não continue a manchar a imagem do país. “Temos que tomar uma posição, porque Bolsonaro não pode andar por aí desmoralizando o povo brasileiro. A população e todos nós não imaginaríamos uma situação como essa. Estamos sendo desmoralizados no mundo inteiro. Bolsonaro não tem o direito de fazer isso. O avião é presidencial, e ele, enquanto presidente, tem que tomar providências”, salienta.

Para Valmir, o caso do sargento da aeronáutica preso reflete as incoerências do atual governo federal. Ele frisa que, por um lado, o governo Bolsonaro quer liberar armas para a população e, por outro, não resolve os problemas estruturais do Brasil. “Enquanto ele e o seu governo brincam de governar, o país segue em uma crise econômica com milhões de desempregados e retirando direitos dos trabalhadores. Usam o Congresso para tirar direitos. Não podemos admitir isso. O governo tem se mostrado mais coerente com os criminosos que com o povo pobre”, completa.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM