Palhinha critica Embasa por causa de falta de fornecimento de água na periferia

Em discurso na sessão desta segunda-feira (27), na Câmara Municipal de Salvador, o vereador Orlando Palhinha (DEM) questionou a Embasa sobre a motivação para a constante falta de água em bairros periféricos da cidade, situação que já se prolonga por cerca de 30 dias.

Segundo Palhinha, os moradores dos bairros periféricos são os mais prejudicados com a interrupção do fornecimento. “Pirajá e Praia Grande são dois exemplos de localidades que estão sem abastecimento há quase um mês”, enfatizou.

O vereador cobrou providências do governador Rui Costa, junto à diretoria da Embasa, e questionou o processo de privatização, que por duas vezes já foi tema de seus pronunciamentos na tribuna da Casa.

“A água não pode ser privatizada, pois é um bem que pertence à União. Se privatização solucionasse, não haveria ainda localidades da Bahia sem acesso à energia elétrica”, destacou Palhinha.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM