Não vale: Empresa diz que irá repassar R$ 100 mil a cada família de morto em tragédia ambiental

Após o rompimento de uma barragem que matou ao menos 65 pessoas em Brumadinho (MG), a Vale anunciou nesta segunda-feira, 28, quatro medidas para tentar amenizar os impactos da tragédia, incluindo o repasse de 100 mil reais para cada família dos mortos. “Não tem nada a ver com indenização”, disse Luciano Siano, diretor-executivo de finanças e relação com investidores da companhia.

Segundo o executivo, também serão contratados profissionais do Hospital Albert Einstein para o atendimento psicológico dos atingidos pela tragédia.

Outra medida anunciada foi a implementação de uma cortina de contenção no rio Paraopeba – bastante atingido pela lama que vazou da barragem – para garantir a captação de água no município de Pará de Minas, em Minas Gerais. A companhia também informou que vai manter o pagamento de impostos para Brumadinho.

“Essas são ações secundárias neste momento. Ainda precisamos encontrar uma solução que atenda a todas as partes envolvidas”, disse.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

FOLLOW @ INSTAGRAM