“O que Jean Wyllys está vivendo prova que não estamos em um Estado de Direito”, avalia Marta

Líder do PT na Câmara de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues (PT) repudiou, veementemente, nesta quinta-feira (24), as ameaças constantes que o deputado federal Jean Wyllys (PSOl) vem sofrendo ao longo dos últimos anos e que se intensificaram com a eleição do atual presidente, levando-o a decidir pelo abandono do mandato e pela saída do país.

Para ela, quando um parlamentar sofre ameaças de morte ao ponto de abandonar o país, há uma nítida demonstração de que a população não mais vive em um estado de direito. A vereadora acredita que a decisão de Jean deve ter sido tomada a partir de muita reflexão por parte dele e de seus familiares, mas representará uma enorme perda para todos os movimentos sociais, ONGs e brasileiros que lutam por justiça social e contra a LGBTfobia.

Marta ressalta, no entanto, que apenas o deputado pode medir os riscos de sua própria integridade física e não cabe a ninguém julgar a decisão. “É uma grande perda para nós, brasileiros e brasileiras. Mas eu respeito a decisão, pois estamos vivendo num estado de exceção, onde um parlamentar é constantemente ameaçado de morte e outros colegas apenas fazem chacota da situação. Jean é um guerreiro e sua luta continuará”, disse a vereadora.

Além das graves ameaças de morte, acrescenta a edil, é de chocar todo brasileiro, que respeita a democracia, a postura da família Bolsonaro ao saber da decisão do parlamentar. “Eles simplesmente fizeram chacot, disseram ‘vá com Deus’. Perderam o decoro, o respeito à democracia. Eles são a prova de que vivemos num estado de exceção, onde um parlamentar ameaçado de morte é motivo de riso pelo presidente da República e seus familiares. O mundo precisa cada vez mais tomar conhecimento do que estamos vivendo”, declarou.

Segundo a vereadora, a luta de Jean não vai acabar. “Jean tem seguidores, tem admiradores e estamos do lado dele seja qual for a decisão que ele tomar”, declarou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM