Bolsonaro é esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi esfaqueado na tarde desta quinta-feira enquanto realizava campanha pelas ruas de Juiz de Fora, em Minas Gerais. De acordo com informações da Santa Casa de Juiz de Fora, para onde o deputado federal foi levado após ser atingido, ele foi alvejado na região do abdômen, passou por uma cirurgia e teve que receber uma transfusão de sangue, mas está estável. Imagens da agressão, que circulam pelas redes sociais, mostram de diversos ângulos o momento em que Bolsonaro, carregado por apoiadores, contrai o corpo ao ser atingido. Depois, uma lâmina se afasta do corpo dele. Na sequência, o autor da facada é identificado pelos apoiadores do deputado, que o seguram e o agridem com murros.

O ataque da tarde desta quinta-feira foi atribuído pela Polícia Federal a Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato. Ainda não há pistas sobre a motivação do crime. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele foi filiado ao PSOL de 2007 a 2014 — o partido publicou nota para repudiar a agressão, que “configura um grave atentado à normalidade democrática e ao processo eleitoral”. O agressor foi preso em flagrante e levado para a Delegacia da Polícia Federal do município”. A Polícia Federal informou ainda que Bolsonaro “contava com escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante o ato público”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM