Projeto determina que agências bancárias públicas só devem fechadas após ouvida comunidade

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei Complementar (PLP 465/17) do deputado Glauber Braga (Psol-RJ), que proíbe que bancos públicos fechem suas agências, sucursais, filiais ou postos de atendimento sem que a comunidade local e os empregados sejam ouvidos sobre a medida.

O texto estabelece ainda que o encerramento de atividades bancárias somente ocorrerá se for garantida à comunidade local a manutenção no nível de inclusão bancária e de acesso aos serviços financeiros.

Glauber Braga avalia que o encerramento de atividades de tais agências tem sido feito de forma insuficiente e precária.

“A redução da estrutura física de atendimento representa verdadeiro retrocesso na proteção ao consumidor brasileiro de serviços bancários e está na contramão dos esforços para garantir a inclusão financeira de trabalhadores de baixa renda e a adequada capilaridade da rede bancária pública”, diz o parlamentar.

Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM