‘Utilizar a máquina pública para fins políticos é prática de Neto e aliados’, diz Marta

A líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, vereadora Marta Rodrigues (PT), repudiou as declarações do prefeito ACM Neto (DEM) de que o governador Rui Costa (PT) estaria usando a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para questões políticas. Ela ressaltou que prática é comum ao campo político do prefeito, vide caso da alteração do Diário Oficial do Município em 2017 e os escândalos do grampo de ACM avô. “Os documentos mostrados pela SSP comprovam que é absolutamente legal as investigação das irregularidades das obras da Barra pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual”, destaca.

Marta afirma que o prefeito parece ter aprendido bem a prática ilegal com o avô ACM, que utilizou a SSP, quando senador em 2002, para grampear deputados com quem tinha rusgas políticas, caso que ficou conhecido como o ‘escandâlo do grampo’ e que rendeu a Neto o apelido de ‘grampinho’. Em Salvador, em agosto 2017 – segundo a vereadora – a prefeitura violou o Diário Oficial do Município para garantir a aprovação do Projeto Revitalizar.

“Aqui em Salvador, a prefeitura violou o DOM. Tão logo a Justiça concedeu decisão liminar, no dia 22 de maio, para que o Projeto Revitalizar, extremamente gentrificador, voltasse à Casa, a prefeitura violou o Diário, já publicado, e incluiu o projeto como aprovado e a lei sancionada para perder o efeito da decisão judicial. Aprendeu bem com a cartilha do avô”, disparou Marta.

Para Marta, o prefeito de Salvador age de má-fé ao tecer mentiras sobre Rui Costa. “A SSP já comprovou que a investigação é legal, mostrando o documento que prova que a competência saiu do Ministério Público Federal para o MP-BA. O prefeito ACM Neto age de má-fé afirmando um absurdo desse e finge ter memória curta, pelo visto”, disse.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM