Marta Rodrigues repudia crime de racismo sofrido pela jornalista Maíra Azevedo, a Tia Má

A líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, vereadora Marta Rodrigues (PT), se solidarizou, nesta quarta-feira (28), à jornalista Maíra Azevedo, a Tia Má, e repudiou o crime de racismo sofrido por ela na última segunda-feira (26).

A jornalista, que compõe a lista das blogueiras negras mais influentes do país, foi chamada de “MONKEY’, que significa ‘macaco’ em inglês, quando fazia uma transmissão ao vivo em seu Instagram. “Quero externar aqui todo meu apoio à jornalista Maíra Azevedo, nossa querida Tia Má, e repudiar, mais uma vez, o racismo que insiste em nos silenciar. Ela bravamente denunciou o crime ao Ministério Público, dando o exemplo que todos nós devemos seguir em casos como estes”, disse a vereadora.

Segundo Marta, o racismo deprime, agride e mata todo dia milhares de brasileiros e brasileiras e é uma das principais formas de silenciamento do povo. “Não podemos mais nos calar! O racismo deprime, agride e mata todo dia milhares de brasileiros e brasileiras. È uma das principais formas de silenciamento do nosso povo, com o intuito de nos violentar e fortalecer os privilégios da elite e de quem se beneficiou e se beneficia até hoje com a escravidão”, afirmou.

A petista acrescentou, ainda, a grande contribuição que Maíra tem dado na luta contra o racismo, por meio de sua voz e poder de fala com alcance nacional seja pela televisão ou pelas plataformas digitais. “Precisamos nos unir cada vez mais, fortalecendo cotidianamente a informação de que racismo é crime e merece punição. Racistas não passarão”, destacou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM