Joceval alerta Kannário sobre iniciativa que já é lei em Salvador

Desde 2010 é Lei que os ônibus de Salvador são proibidos de circularem de porta aberta. O Projeto do vereador Joceval Rodrigues veio para proteger o usuário do transporte público de qualquer eventualidade e ou acidente. Surpreso com uma proposta similar, apresentada pelo vereador Igor Kannário, Joceval explica que o importante é trabalhar pela execução da Lei 7854/2010, evitando a desnecessária duplicidade.

O vereador defende não haver necessidade de criar uma Lei praticamente idêntica à que já existe. “Temos o que ter muito cuidado na hora de apresentar proposições, pois, no intuito de ajudar, às vezes, podemos acabar prejudicando. Não dá para criar uma Lei que torna facultativo algo que já é obrigatório, ainda mais concedendo benesses a quem aplicar a Lei, como está previsto no novo projeto, de dar benefícios em licitações às empresas que comprovarem a aplicação do dispositivo de segurança”.

O edil lembra também que grande parte da frota já conta com o dispositivo, além de ter cartazes alertando a proibição de circular com portas abertas. “Parabenizo o vereador pela preocupação. Acho, inclusive, louvável que ele esteja atento ás demandas do usuário do transporte público, mas, repito, que não podemos tornar facultativo uma Lei que já existe, muito menos concedendo benefícios”, diz.

A ideia do vereador é continuar na luta junto à Prefeitura e ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) para que haja ampliação da execução da Lei para toda a frota soteropolitana, evitando que novos acidentes ocorram. “O que precisamos é unir forças para que haja o respeito e cumprimento da Lei, assim estaremos gastando energia com algo que realmente é necessário”, conclui.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM