“Neto desprezou a educação em 2017 e o ano foi de grandes perdas’, dispara Marta

A vereadora Marta Rodrigues (PT) denunciou, nesta quinta-feira (28), o fechamento de pelo menos 15 escolas que irão prejudicar a vida de milhares de alunos em Salvador e lamentou o saldo negativo que a população teve na educação da capital baiana em 2017. “Neto desprezou novamente a educação em Salvador”, disse.

Segundo ela, o número de escolas fechadas foi contabilizado pela APLB, mas deve crescer, tendo em vista que mais unidades serão afetadas com o remanejamento. “Neto segue o mesmo caminho do governo ilegítimo de Temer, que congelou por 20 anos verba da educação. Ele está fazendo o mesmo em Salvador, fechando escolas, diminuindo turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, pontuou.

A edil elenca uma série de ‘absurdos’ praticados ao longo do ano pela prefeitura na cidade. “Acabamos 2017 com escolas fechadas, direitos de trabalhadores não cumpridos, com o segundo ano sem reajuste. Um ano sem merenda escolar e sem fardamento, unidades sem aula por falta de gás de cozinha, turmas sem material didático”, destacou.

Atualmente, Salvador tem um público de 169 mil alunos de 0 a 5 anos na educação infantil, mas disponibiliza apenas 25 mil vagas. “Um ano de retrocessos em todos os sentidos. A prefeitura não tem vagas para a educação infantil e nada fez, disponibilizando vagas por meio de um sorteio”, afirmou.

Pau Miúdo – Em Pau Miúdo, informa Marta, até hoje a escola municipal tem servido como depósito de lixo e entulho, mesmo após a promessa de reforma e entrega à população feita em 2016. “Não há sequer indícios de obras no local, recebo denúncias constantes de que o lixo só aumenta”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM