CMS poderá ter posto de recadastramento biométrico

Servidoras do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) visitaram na sexta-feira (14), pela manhã, as dependências da Câmara de Salvador. Há a intenção de uma parceria entre a Corte Eleitoral e o Legislativo Municipal no sentido de implantar nas instalações da Casa um posto de recadastramento biométrico.

Segundo Maria das Graças Ramos, chefe do Cartório da 1ª Zona Eleitoral em Salvador, “a procura para o recadastramento biométrico ainda está aquém do desejado”. A 1ª Zona Eleitoral abrange os bairros do Centro, Garcia, Canela, Vitória e Barra.

Estarão quites com a Justiça Eleitoral as pessoas que realizarem o recadastramento biométrico até o dia 31 de janeiro. Os cidadãos devem levar um documento com foto e o comprovante de residência. Não é uma condicionante levar o título eleitoral. “Entretanto, as pessoas podem levar o seu antigo título, que será recolhido. E todos que fizerem o recadastramento receberão um novo título, biometrizado”, explicou Maria das Graças Ramos.

Segundo Carlos Cavalcanti Neto, diretor Legislativo da Câmara Municipal de Salvador, “a visita das servidoras mostra o interesse e esforço desta Casa e do Tribunal Regional Eleitoral em permitir que a população tenha maior e melhor acesso à biometria. Afinal, esse processo já é exigência para as eleições do ano que vem”. Conforme o diretor, “a intenção da Câmara é ajudar no recadastramento biométrico dos mais de 1 milhão e 900 mil eleitores de Salvador”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM