Cezar Leite indica centro de saúde para pessoas especiais

O vereador Cezar Leite (PSDB) apresentou projeto de indicação ao prefeito ACM Neto para a criação do Centro Integrado de Saúde para Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais (Cisne). Segundo o Censo de 2010, o município de Salvador possui mais de 700 mil pessoas com pelo menos algum tipo de deficiência, o que corresponde a 26% de sua população.

Considerando os dados e reiterando ainda que a deficiência intelectual associada à mental acomete quase 36 mil pessoas na capital baiana, o vereador sugere uma assistência especializada para este público. “Diante da inexistência de um serviço multidisciplinar integrado para o atendimento de crianças e adolescentes com necessidades especiais no âmbito municipal, é muito importante a implantação do centro para abraçar essa área e atender a população”, justificou Cezar Leite.

Ainda de acordo com o legislador, o projeto de indicação busca garantir o direito ao tratamento de saúde integral, permitindo o atendimento nas áreas de neuropediatria, cardiopediatria, psiquiatria, anestesiologia, ortopedia pediátrica, fisioterapia, fonoaudiologia, odontologia, serviço social, enfermagem, nutrição, terapia ocupacional, psicologia, musicoterapia e arteterapia.

“Entendo que as ações e os serviços de saúde pública destinados à pessoa com deficiência devem assegurar diagnóstico e intervenção precoces, habilitação e reabilitação, informação adequada aos pacientes e familiares. Por isso, o centro integrado facilitaria e melhoraria a qualidade de vida destas pessoas”, afirma o vereador.

Experiência familiar – Cezar Leite é pai de dois filhos com necessidades especiais. Filipe, de 16 anos, com transtorno do espectro autista e Luise, de 8 anos, com síndrome de Wolf-Hirschhorn. O vereador, antes mesmo de ter o mandato na Câmara, sempre batalhou para que os poderes públicos elaborassem políticas voltadas ao público.

Eleito com 7.447 votos, Cezar leite é médico formado pela Universidade Federal da Bahia, trabalhou no serviço público e na iniciativa privada, e acumula experiências em relação às dificuldades do acesso à saúde para os pacientes com necessidades especiais.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM