MPF recomenda que prefeito de Salvador recupere a rampa do Mercado Modelo

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) enviou na última quarta-feira, 18 de janeiro, recomendação ao prefeito de Salvador, Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto, para que adote as medidas necessárias para recuperar a rampa do Mercado Modelo e do cais ao redor do local, de forma a atender aos critérios estabelecidos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para aprovação da obra.

O procurador da República Pablo Coutinho Barreto, autor da recomendação, considerou que algumas condições estipuladas pelo Iphan não foram cumpridas na execução da obra. O acesso de pessoas com dificuldades de locomoção deveria ser realizado, segundo o Instituto, por meio de inclinação efetuada no próprio piso da Praça Cairu. Era obrigatória, ainda, a integração da rampa com o cais e a sinalização tátil nos pisos, de acordo com a Norma Brasileira 9050, que versa sobre acessibilidade. Essas medidas garantem a acessibilidade sem afetar o patrimônio histórico.

O MPF também pontuou na recomendação que “é competência comum dos entes federativos a proteção das obras e outros bens de valor histórico”, de acordo com o inciso III do artigo 23 da Constituição Federal.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM