Conselho de Ética reúne-se hoje para tratar de processo contra Jean Wyllys

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados tem reunião agendada para hoje (22) com o objetivo de dar continuidade às oitivas das autoridades arroladas em representação em que o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) é acusado de ferir o decoro parlamentar ao cuspir na direção do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Devem prestar esclarecimentos os deputados federais; Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP); Erika Kokay (PT-DF); e Silvio Costa (PTdoB-PE).

O episódio ocorreu em 17 de abril, no Plenário da Câmara, durante a votação da admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. A representação foi apresentada pela Mesa Diretora da Câmara.

Processos – Também está na pauta do conselho a instauração de processo em desfavor do deputado Laerte Bessa (PR-DF) e sorteio do relator para o caso. A representação foi apresentada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) que acusa Bessa de quebra de decoro parlamentar por ter feito críticas ao governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, usando palavras de baixo calão.

Bessa já responde a outro processo no Conselho de Ética, em que é acusado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de proferir, em discurso no Plenário da Câmara, ofensas não apenas contra o partido, mas também contra a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e filiados da legenda. O processo tem como relator o deputado Mauro Lopes (PMDB-MG) e está pronto para ser votado.

Há também a perspectiva de votar parecer do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) em outro processo contra Jean Wyllys, iniciado pelo Partido Social Cristão. O PSC pede que o colegiado puna o parlamentar por mensagem postada no Facebook no qual critica os “delírios homofóbicos de políticos e líderes religiosos mentirosos”, ao comentar o massacre de gays em boate de Orlando (EUA).

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM