Vereadora indica tombamento da Mudança do Garcia

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB) é autora do projeto, que visa o tombamento da Mudança do Garcia como patrimônio cultural imaterial. Em sua justificativa, a vereadora afirma que trata-se de uma das mais tradicionais manifestações do Carnaval de Salvador, como espaço para protestos e reivindicações políticas.

O bloco, segundo historiadores, teve início nas primeiras décadas do Século XX, perdurando até os dias atuais como um dos grandes momentos da festa momesca, sobretudo, no que tange à preservação de seu caráter popular, criativo e livre de segregações.

“Tratando-se de momento singular e ao mesmo tempo plural em sua composição, a Mudança do Garcia se renova a cada ano, mas mantendo seus aspectos originários, constituindo-se num grande movimento popular, uma vez que abre espaço para a manifestação de cada cidadão, sempre remetendo a conteúdos políticos de todas as esferas”, diz o texto do projeto.

A vereadora afirma que se deve garantir o tombamento com o intuito de reconhecer o valor histórico, artístico e cultural da Mudança, inserindo-a no rol dos bens protegidos por regime jurídico especial sob tutela pública.

O Projeto de Indicação nº 82/16 enviado pela Câmara ao prefeito leva em consideração que o bloco, para além de suas características essenciais vinculadas à festa do Carnaval, necessita do comprometimento do poder público para sua preservação, tendo em vista que se constitui como patrimônio imaterial de todos os baianos, considerando a sua relevância histórica, artística e cultural.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM