Médicos de Juazeiro conseguem reajuste dos salários

Os médicos do município de Juazeiro acabam de obter importante vitória na valorização profissional. Na pressão sobre a Prefeitura, conseguiram elevar para 8,26% o reajuste sobre o salário-base que estava previsto, inicialmente, em 4,5%. A conquista veio no bojo da implementação do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos da Secretaria Municipal de Saúde.

Embora o percentual do reajuste esteja abaixo da inflação, a evolução é histórica porque a Prefeitura não corrigia os salários dos médicos há mais de 10 anos e, segundo cálculos feitos pelos profissionais, as perdas históricas acumuladas estavam acima de 30%.

Certamente as perdas não serão recompostas integralmente de imediato, mas os reflexos do reajuste do salário-base sobre as demais verbas que compõem o contracheque vão cobrir boa parte da defasagem histórica. Além disso, a regulamentação do PCCV, que passa a considerar a titulação para progressão nos níveis, trará incrementos de até 25% na remuneração.

Reforçando a orientação permanente do Sindimed de que com mobilização e luta é possível avançar nas conquistas, os médicos de Juazeiro souberam colocar isso em prática. Na segunda-feira (28), uma assembleia reuniu mais de 100 profissionais para discutir os encaminhamentos da mobilização.

Na terça-feira, a pressão e determinação da categoria conseguiu que a Câmara Municipal suspendesse temporariamente a votação do reajuste, enquanto os médicos negociavam com o prefeito e os secretários de Saúde e de Administração do município. Ao final do diálogo, o projeto foi alterado, votado e já sancionado pelo prefeito. Uma vitória relâmpago, em menos de 24 horas, que é mais um marco na história da luta médica na Bahia.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM