“É um momento de conversar com os aliados que querem seguir com você”, declara Wagner

O ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Jaques Wagner, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (30), no Palácio do Planalto, e falou sobre o rompimento do PMDB com o governo. Segundo ele, até sexta-feira (1º) o governo fará uma nova repactuação com seus aliados.

“É um momento de conversar com os aliados que querem seguir com você”, disse. Para Wagner, impeachment sem causa é golpe. “As contas de 2015 da presidenta Dilma sequer foram apreciadas. O crime de responsabilidade tem de ser no mandato, então tudo o que foi apresentado até agora é anterior a este governo. Não sou eu, são inúmeros juristas que dizem que este é um impeachment sem causa. É um golpe dissimulado porque é sem causa.”

Jaques Wagner anunciou ainda que a repactuação deve ser comandada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está à espera da análise do STF para assumir a Casa Civil.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM