“O prefeito ACM Neto diz que Salvador anda sozinha, mas não atende as reivindicações dos servidores”, afirma vereadora

A vereadora Vânia Galvão (PT) declarou apoio aos servidores municipais que deflagraram greve na última terça-feira (15), reivindicando reajuste salarial e benefícios. No entendimento da líder do PT na Câmara, analisando a mobilização da categoria e a conjuntura econômica, Salvador não consegue andar com os próprios recursos.

“O prefeito ACM Neto diz que Salvador anda sozinha, mas não atende as reivindicações dos servidores, isso mostra seu descompromisso com a classe trabalhadora e com o cidadão, afinal a valorização do servidor representa o cuidado com o atendimento ao público”, considerou. Conforme a vereadora Vânia Galvão, o descaso é maior com os agentes de saúde, cujo salário base é menor que o mínimo, que é de R$ 788. “Os agentes devem ser respeitados e receberem o piso nacional da categoria”, defendeu.

Ao analisar o discurso do prefeito sobre o aumento da arrecadação municipal, Vânia Galvão creditou aos aumentos de impostos. “Salvador teve o maior aumento do país do Imposto sobre a Propriedade Predial Urbana (IPTU) e as taxas do Imposto Sobre Serviços (ISS) estão entre as maiores do Brasil”, afirmou, acrescentando que “ACM Neto estabeleceu a indústria do estacionamento e das multas, daí a arrecadação municipal de fato aumentou”. Ela pede explicação sobre a aplicação destes recursos.

Segundo Vânia Galvão, faltam políticas de valorização dos servidores e prioridades da administração. “Em cerca de três meses, a prefeitura está promovendo festas gigantescas, Réveillon de uma semana, dez dias de Carnaval e agora mais oito dias de festas no aniversário da cidade, um absurdo para quem não tem como atender as reivindicações de reajuste dos servidores”, frisou.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM