Kátia Alves critica suspensão de emissão de identidade pelo SAC

“É inadmissível que o SAC, serviço conhecido pela excelência no atendimento quando foi criado em 1995, fique sem emitir carteiras de identidade pelo terceiro dia consecutivo”, lamentou a vereadora Kátia Alves (DEM), nesta quinta-feira (17), ao saber de servidores públicos estaduais que o Sistema de Identificação por Impressões Digitais Automatizado (Siida), responsável pelo processo de identificação civil, está sem funcionar desde terça-feira (15).

Alguns servidores, segundo Kátia Alves, afirmam que o sistema está paralisado por falta de pagamento da manutenção do Siida. “Trata-se de mais um enorme transtorno causado à população pela irresponsabilidade administrativa do governo estadual”, assinalou. “Como se não bastasse esse problema, ainda recebi queixas pelo atraso nos salários dos terceirizados da área administrativa do Instituto Pedro Mello. Impossibilitados de frequentar o trabalho, acabam sobrecarregando os servidores”.

De acordo com a vereadora, para evitar que o serviço de limpeza também seja suspenso pela falta de pagamento dos terceirizados, muitos servidores do Pedro Mello contribuem com uma vaquinha, levantando dinheiro para custear o transporte e a alimentação desses funcionários. “O governo não consegue sequer lidar com questões básicas do funcionamento da máquina pública”, acrescentou Kátia Alves.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM