Palhinha quer aplicativo para fiscalização nas vagas prioritárias de estacionamentos

A Câmara Municipal aprovou, na quarta-feira (02), o Projeto de Indicação nº 501, do vereador Orlando Palhinha (DEM), que sugere a criação de um aplicativo de celular e um site, onde cidadãos, previamente cadastrados, atuarão como fiscais das vagas destinadas a deficientes físicos e idosos nos estacionamentos da cidade.

O projeto, intitulado de “Fiscal Cidadão – Um olho a mais” nasceu da preocupação do vereador com o uso indevido de vagas prioritárias em estacionamentos de Salvador. Tal medida visa garantir o direito adquirido por lei dos idosos e deficientes, buscando conscientizar e despertar a sociedade sobre a gravidade dessa prática, além de auxiliar os órgãos competentes na tarefa de fiscalização.

Segundo Palhinha, a maior parte da população age corretamente, respeitando as vagas e costuma se sentir envergonhada e até revoltada pelos atos de algumas pessoas que teimam em ignorar as leis. O projeto deve funcionar da seguinte forma: o cidadão registra a infração com uma foto e envia através do aplicativo ou site, com a placa do carro sendo bem identificada. “O fiscal cidadão será um olho a mais na fiscalização, além de se sentir bem melhor cumprindo esse papel”, enfatiza o vereador.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM