Hospital do Subúrbio demite boa parte do seu corpo clínico

O Hospital do Subúrbio anunciou a demissão de boa parte do seu corpo clínico, reduzindo a oferta e a qualidade dos serviços. As equipes de Urologia, Cirurgia Vascular e Neurocirurgia estão entre as mais afetadas. Outras especialidades e demais categorias de profissionais também podem ser atingidas. A informação chegou ao Sindicato através dos próprios médicos do hospital.

Entre as mudanças impostas pelos gestores no serviço de Neurocirurgia estão o fim do plantão presencial diurno, durante a semana, e a diminuição do número de plantonistas, de dois para um, nos finais de semana. Cinco neurocirurgiões serão demitidos.

Na cirurgia vascular, anunciaram que o plantão presencial do dia vai ser extinto, será instituído um regime de sobreaviso não remunerado e um diarista será contratado para uma jornada de quatro horas por dia, durante parte da semana, ficando responsável pelas cirurgias eletivas, interconsultas, prescrição de enfermaria e passagem de cateteres de diálise.

Para o serviço de urologia, o funcionamento previsto é com plantão de seis horas e sobreaviso de 18 horas, com remuneração rebaixada. Tais mudanças significam uma queda acentuada e, portanto, inaceitável das condições de trabalho e da qualidade do atendimento à população. Trata-se de uma atitude irresponsável por colocar em risco a vida dos pacientes e expor os médicos a processos éticos.

O Sindimed está acionando as autoridades e órgãos competentes, cobrando medidas cabíveis para garantir o exercício ético da medicina. Assembleia será nesta quarta-feira (02), ás 19h30, no Sindimed.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM