Orlando Palhinha indica “Projeto Fiscal Cidadão”

Com a finalidade de inibir os atos de vandalismo contra o patrimônio público, o vereador Orlando Palhinha (DEM) apresentou o Projeto de Indicação nº 500/15, que visa tornar os cidadãos, previamente cadastrados, em fiscais das infrações em praças e monumentos de Salvador. Através do “Projeto Fiscal Cidadão – Um olho a mais”, a população poderá contribuir com a prefeitura registrando as ações com fotos e enviando-as via aplicativo ou site.

A proposta do legislador tem o objetivo de preservar os bustos e monumentos históricos nas praças, além de preservar a homenagem a figuras ilustres e a história dos bairros do Município. Ainda conforme Palhinha, o vandalismo ofusca a finalidade dos equipamentos e representa gastos ao Executivo.

“O custo da limpeza e manutenção dos atos de vandalismo é muito alto. Para cada tipo de remoção é utilizado um produto especial que facilita a limpeza e cria uma película protetora, dificultando a absorção do material utilizado em uma nova pichação”, explica o vereador, ressaltando que a implantação do projeto visa manter a ordem social.

De acordo com a indicação, o projeto deve funcionar da seguinte forma: o cidadão registra a infração com uma foto e envia ainda no momento do ato através de um aplicativo. “O fiscal cidadão será um olho a mais na fiscalização”, garante.

Recentemente, o prefeito ACM Neto utilizou as redes sociais para criticar os atos de vandalismo em monumentos localizados na Avenida Anita Garibaldi e nos bairros da Barra e Pituba.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM