Projeto de Palhinha proíbe a queima de pneus a céu aberto

O vereador Orlando Palhinha (DEM) apresentou o Projeto de Lei nº 356/15, que visa proibir a queima de pneus ou materiais semelhantes a céu aberto em Salvador. De acordo com a justificativa do legislador, a prática representa prejuízos à saúde e ao meio ambiente, causados pela combustão desse material.

Segundo Palhinha, é preciso ser rígido com medidas de prevenção ao meio ambiente, pois são muitos os fatores que interferem e poluem o planeta. “Sem essa proibição, não será possível interromper, definitivamente, essa prática”, frisa.

A queima de pneus libera produtos químicos tóxicos e metais pesados capazes de produzir efeitos adversos para a saúde como, por exemplo, perda de memória, deficiência no aprendizado, supressão do sistema imunológico, danos nos rins e fígado. Em combustão, o pneu emite também fumaça tóxica, que pode representar riscos de mortalidade prematura, deterioração das funções pulmonares, problemas do coração e depressão do sistema nervoso e central.

A prática também representa uma grande ameaça para o meio ambiente, pois provoca a liberação do óleo pirolítico, que pode atingir longas distâncias, contaminando solo e água, além de penetrar em lençóis freáticos. Estudos demonstram que a poluição dessas águas causada pelo escorrimento derivado da queima de pneus pode durar até 100 anos.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM