Bancários rejeitam nova proposta e greve continua

Os bancários fazem uma greve considerada a mais forte dos últimos anos. A Federação Nacional dos Bancos – Fenaban apresentou, nesta quarta-feira (21), nova proposta de reajuste salarial de 8,75%.

No entanto, o Comando Nacional  de Greve da categoria rejeitou a proposta do patronato. Na terça-feira (20), a Fenaban já havia oferecido 7,5%, índice também recusado.

Sentindo que a categoria não vai ceder, as empresas pediram uma nova negociação, nesta quinta-feira (22), a partir das 14h (horário de Brasília), em São Paulo. Desta forma, também ficam para quinta as rodadas específicas com o BB e a Caixa.

O presidente do Sindicato da Bahia, Augusto Vasconcelos, ressalta que a proposta segue incompatível com os lucros obtidos pelos bancos – R$ 36,3 bilhões no primeiro semestre, alta de 27,3% ante o mesmo período de 2014. “O índice oferecido continua sem repor a inflação, em 9,88%. Sem dúvidas um prejuízo aos bancários. Assim, a greve continua. A Fenaban novamente frustra as expectativas dos trabalhadores e da sociedade”.

Mais de 12,5 mil agências ficaram fechadas em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal. Na Bahia, a paralisação chegou em 1.079 unidades.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM