Bahia: “Prefeito de Camaçari é omisso sobre demissões na Ford”, afirma oposição

O líder da oposição em Camaçari, vereador Antonio Elinaldo (DEM), afirmou que o prefeito do município, Ademar Delgado (PT), é omisso em relação ao movimento grevista dos trabalhadores da Ford, que protestam nesta terça-feira (20), contra a possível demissão de 1.400 funcionários da montadora. “O prefeito de Camaçari deveria atuar como intermediador do processo, inclusive junto ao governador Rui Costa, que participou de um evento com a própria direção da Ford na Cidade do Saber. Ao invés disso, ele se escondeu, como também tentou fazer o governador, que só dialogou com os sindicalistas após ser pressionado”, contou o democrata.

Na manhã desta terça-feira, quase cinco mil funcionários da montadora Ford realizam paralisação de 24 horas, protestando contra supostas demissões previstas para os próximos dias. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a empresa planeja demitir mais de 1.400 funcionários. O movimento, liderado pelo presidente do sindicato, Júlio Bonfim, só conseguiu falar com o governador Rui Costa após muita pressão. O governador prometeu interceder para evitar as demissões.

“A Ford recebeu inúmeros incentivos para se instalar em Camaçari. Tem batido várias metas e essa fábrica aqui é tida como uma das mais rentáveis do mundo. Ou seja, não é justo que, num momento difícil, o trabalhador pague o preço. O pior é que essa crise provocada pelo PT também ameaça gerar demissões no Pólo Petroquímico e na própria prefeitura de Camaçari. É o preço que pagamos por tanta corrupção”, finalizou Elinaldo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM