Médicos da UPA de Candeias podem entrar em greve por falta de pagamento

Os médicos que trabalham na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Candeias decidiram, em assembleia nesta quarta-feira (14), manter-se em alerta para retomar mobilizações, caso as demandas dos profissionais não sejam atendidas. Durante a reunião ficou acordado que a data máxima para pagamento dos salários atrasados seria no dia 25 deste mês.

Na ocasião, estiveram presentes Marcos Landim, coordenador médico, e o advogado da Humanizar e negaram que houvesse sobrecarga de pacientes, sustentando que a média tem sido de no máximo 150 pacientes nas 24h. Alegaram que não era possível contratar novos profissionais para suprir a falta dos que foram demitidos arbitrariamente, nem contratação dos postos atuais via CLT. Enquanto isso, os profissionais deverão manter atendimento com equipe reduzida. Reflexo da preocupação dos gestores com a população de Candeias.

O Sindimed vai reforçar o ofício encaminhado ao Ministério Público Estadual e ficará a disposição para qualquer decisão que parta dos profissionais.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM