“Operação Hígia” desarticula esquema que desviou cerca de R$ 5 milhões da Secretaria de Saúde de Salvador

Um esquema criminoso, que desviou cerca R$ 5 milhões da folha de pagamentos da Secretaria de Saúde do Município de Salvador, começou a ser desarticulado nesta terça-feira (29), por meio da ‘Operação Hígia’, deflagrada pelo Ministério Público do Estado da Bahia através do seu Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

A operação busca cumprir seis mandados de prisão temporária, quatro de condução coercitiva e cinco de busca e apreensão. Segundo informações do Gaeco, o esquema ocorria desde o ano de 2010. Ele começou a ser investigado em maio de 2015 a partir de representação formulada pelo secretário municipal de saúde. As investigações, conduzidas pelo Gaeco com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência do MP (CSI), constataram ainda que a fraude vinha sendo implementada por uma funcionária pública responsável pela gestão da folha de pagamentos de terceirizados da Secretaria, o que era efetivado por meio do desvio de salários para contas de “laranjas”.

Os envolvidos estão sendo investigados pela prática dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Secretaria Municipal de Saúde colaborou com as investigações desde o início, o que contribuiu para o desenvolvimento da operação. A operação desencadeada hoje pelo Gaeco contou com a participação de promotores de Justiça que integram o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo, a Economia Popular (Gaesf), bem como de policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Promotores de Justiça e a Polícia Civil de Itapetinga, bem como a Corregedoria-Geral da Polícia Militar, também deram apoio às ações.

Share

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM