Dilma veta financiamento privado a campanhas

A presidenta Dilma Rousseff vetou o financiamento empresarial de campanha eleitorais, cujo artigo foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A informação é do jornal “Folha de S. Paulo, publicada na quinta-feira (24).

Segundo a matéria, Dilma assinou o decreto antes de embarcar, na noite de ontem, para Nova York, nos Estados Unidos, para participar da abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

O documento deve ser publicado nesta segunda-feira (28), no Diário Oficial da União. A doação empresarial a campanhas foi um dos pontos mais controversos da reforma política aprovada pelo Congresso Nacional. O projeto de lei originário da Câmara foi aprovado na Casa, mas rejeitado no Senado. Quando retornou à Câmara, os deputados aprovaram em caráter definitivo.

O veto da presidenta segue a linha ideológica do Partido dos Trabalhadores, que desde o início do ano não aceita doações empresariais. O Supremo Tribunal Federal (STF), em decisão recente, também proibiu o financiamento empresarial, em resposta a uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) impetrada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O julgamento ficou mais de um ano suspenso, após pedido de vistas do ministro Gilmar Mendes, que votou a favor do financiamento.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM