O mundo não é dos NETS: empresa é condenada após atendente xingar cliente

A NET foi condenada pela Justiça de Mato Grosso do Sul ao pagamento de R$ 3 mil por danos morais a um cliente que foi ofendido verbalmente por atendente do call center da empresa. A decisão foi da 16ª Vara Cível de Campo Grande, segundo informou nesta segunda-feira (14) o site do Tribunal de Justiça estadual.

O consumidor Oswaldo Ferreira Benites Junior alegou que o insulto ocorreu em julho do ano passado, ao entrar em contato com a central telefônica da empresa de telecomunicações para solicitar a correção do valor de sua fatura e atualização de seus dados cadastrais.

O autor da ação disse que, após se despedir na ligação, o atendente – imaginando que havia desligado o telefone – disse: “boa tarde e que o diabo que te carregue” e “tenha uma horrível tarde, seu safado, seu cachorro”.

Oswaldo contou ainda que informou ao atendente que havia escutado as ofensas, gerando um pedido de desculpas pelo ocorrido. No entanto, ele sustenta que a situação lhe causou danos morais que devem ser compensados pela empresa.

Em contestação, a empresa sustentou que os alegados danos morais não foram comprovados. A Justiça, no entanto, teve entendimento contrário: “Resta claro, pela gravação da conversa, o desrespeito e descaso do funcionário da ré com o consumidor, ainda que os xingamentos tenham sido proferidos quando ele achava que a ligação já havia sido encerrada”, diz trecho da decisão, que destacou também a espera de 17 minutos do autor da ação no telefone pela resolução de seu problema.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM