Absurdo: CPI aponta fraudes e irregularidades no transporte escolar em Serra do Ramalho

Licitação direcionada, superfaturamento, veículos irregulares, condutores sem habilitação, crianças em risco… Relatório final pede indiciamento do prefeito Deoclides Magalhães e suspensão de contrato, que teria causado prejuízo milionário aos cofres públicos na cidade de Serra do Ramalho.

Você confere tudo no portal Sertão Baiano, um site com olhar diferenciado para o interior do estado da Bahia. Clique aqui.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

FOLLOW @ INSTAGRAM